Na noite desta quinta-feira (17/05), no auditório da Faculdade de Tecnologia SENAI Mato Grosso, o CRESS-MT realizou uma conferência para marcar as comemorações do Dia da/o Assistente Social, com a palestra  “Serviço Social, necessário para o Brasil!” Defender as atribuições e competências profissionais é prestar serviços de qualidade!”, ministrada pela professora doutora Gláucia Lelis Alves, da Escola de Serviço Social – UFRJ.

Em 2023, o Serviço Social celebra os 30 anos do Código de Ética da/o Assistente Social e o aniversário da Lei de Regulamentação Profissional (Lei 8662/1993), desta forma, o Conjunto CFESS-CRESS lançou como tema comemorativo do 15 de maio, Dia da/o Assistente Social, o mote: Serviço Social, necessário para o Brasil!

Seguindo as comemorações, a emoção tomou conta com a realização do Ato de Encerramento da gestão 2020-2023 “É na luta que a gente se encontra”.

Larissa Gentil, então presidenta do CRESS-MT, em sua fala de encerramento da gestão, destacou que a gestão 2020-2023 passou por um desafio muito grande, que foi assumir a gestão na pandemia do Covid-19 e no isolamento social. A gestão precisou se adaptar para dar conta de gerir o Conselho nessa modalidade remota. Afirmou que o desafio foi imenso, uma vez que não havia o costume, as ferramentas e nem as habilidades de estar no ambiente virtual. Larissa afirma que tanto a gestão, quanto as/os trabalhadoras/es do Conselho, tiveram que se adaptar tanto para dar respostas para a categoria, que também passava por um momento difícil, considerando que as/os assistentes sociais, em várias políticas públicas, estavam na linha de frente do combate ao Covid; e também para reorganizar todas as dinâmicas de funcionamento do CRESS.

“Acreditamos que apesar de todos estes desafios, a gestão 2020-2023 conseguiu dar conta das tarefas, várias metas foram atingidas, algumas superadas. Então, avalio de forma positiva esse triênio. Nós dedicamos esta gestão à organização administrativa-financeira do CRESS, reorganizamos todos os setores, as competências, as funções das trabalhadoras. A gente conseguiu fazer um plano de recuperação de receita, que diminui drasticamente o índice de inadimplência; modernizamos e dinamizamos a atuação das agentes fiscais e outros sistemas, que a gente adquiriu neste período, para modernizar. Estamos com os Serviços-Online em pleno funcionamento, um dos CRESS no país que saiu na frente nessa dinâmica de atendimento. Hoje, toda/o assistente social e bacharel consegue protocolar pedidos através da plataforma. Sem contar que conseguimos pautar as nossas bandeiras de luta, como a defesa da seguridade social ampliada, a defesa dos direitos humanos. Então, a gente encerra com a sensação de dever cumprido e tranquilidade de passar o bastão para a próxima gestão”, comentou Larissa.

Para a vice-presidenta do triênio 2020-2023, Flávia Tereza do Nascimento, a trajetória dessa gestão foi histórica, repleta de muitos aprendizados e desafios. “Encerramos com a sensação de dever cumprido. Que venham novas experiências, novos aprendizados e quem sabe, em qualquer um dia desses de luta, a gente se encontre”, se despediu Flávia.

Na sequência, foi realizado o Ato de Posse da gestão 2023-2026 “Se o presente é de luta, o futuro exige coragem”.

Para a presidenta do CRESS-MT, Leana Oliveira Freitas, a gestão assume com entusiasmo, apesar de se viver um contexto de muita dificuldade. Em sua fala no Ato de Posse, a presidenta destacou que a gestão terá lutas grandiosas para enfrentar, do ponto de vista da conjuntura, do desmantelamento das políticas sociais, do enfraquecimento dos direitos sociais. Mas, ressaltou a força e a organização da categoria, que dá os elementos e o ânimo necessário para se fazer os enfrentamentos. 

“Do ponto de vista mais operacional do CRESS, precisamos seguir com as bandeiras de luta, com aquilo que a gestão anterior já conseguiu realizar. Temos a perspectiva de que é preciso fortalecer os trabalhos iniciados. Temos desafios que são históricos para quem assume o Conselho, que é fazer com que uma parcela da categoria acredite no Conselho e se sinta representada. Interiorizar o Conselho pela via da fiscalização pedagógica, que já é uma política do Conjunto CFESS-CRESS, portanto é avançar nesta perspectiva. Os NUCRESS são uma grande estratégia e será uma das frentes que essa gestão irá atuar, visando alcançar as/os assistentes sociais que estão no interior”, afirmou Leana Freitas.

A vice-presidenta do CRESS-MT, Annelyse Cristine Cândido Santos, comentou que o serviço social é uma profissão necessária para o Brasil e em Mato Grosso tem mais de 3.800 profissionais em 141 municípios, atuando em diversas políticas públicas. E que essa gestão é um coletivo bem diverso, que pode representar a diversidade da categoria profissional. 

“Nós vamos seguir com a função precípua do CRESS, que é a fiscalização no exercício profissional, mas também, realizar a defesa das nossas bandeiras de lutas, trabalhar para o fortalecimento dos NUCRESS, para seguir levando o Conselho para o interior do estado; o fortalecimento das comissões constituídas e seguir com esse trabalho muito bem feito das gestões que nos antecederam”, afirmou Annelyse.

Uma nova geração de profissionais também está compondo a gestão, como Kassya Lanuse de Oliveira Leles, 1º suplente, e formada a pouco mais de um ano. Ela encara esse desafio como uma nova experiência e um compromisso ético.

“Nós aprendemos na formação profissional que a ética é um compromisso fundante do Serviço Social. Então, estar dentro do Conselho é uma forma de expressar a nossa ética de trabalho, os nossos compromissos com o código de ética e os nossos compromissos com os direitos da população e com a categoria. Acredito que representar a categoria é um ato de resistência. Estou feliz de estar nesta gestão, com essas companheiras renomadas e experientes”, afirmou Kassya.

Ao final, todos as pessoas que compõem a gestão 2023-2026, realizaram a assinatura da ATA.

Representação no CFESS

É importante registrar que Larissa Gentil entrega a gestão do CRESS-MT e já assume o desafio de estar na gestão 2023-2026 do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), na condição de segunda tesoureira, compondo a diretoria. 

“É um grande passo e um grande desafio, mas entendo que não estou indo sozinha. Todas as colegas do Mato Grosso que me apoiaram e que me deram forças para aceitar esse convite, estarão comigo, de algum modo. Eu que estou lá, mas é uma tarefa coletiva e também um reconhecimento por um trabalho coletivo. Vai ser interessante representar Mato Grosso no Conselho Federal e realizar um trabalho articulado e com muita parceria com a nova gestão”, comentou Larissa Gentil.

A Live está salva no perfil do Facebook do CRESS-MT/20ª Região.

 

Confira algumas fotos do evento na Galeria:

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Responder

Seu email não será publicado.

*
*