“Nenhum passo atrás, manicômio nunca mais!”: esse é o grito da 5ª Conferência Nacional de Saúde Mental, que terminou nesta quinta (14/12), com a presença do CFESS e de assistentes sociais de todo o Brasil.

O Conselho Federal esteve presente, lançou o novo caderno da série “Assistente social no combate ao preconceito: discriminação contra a população usuária da saúde mental”, já disponível no nosso site, e também integrou a mesa de relançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial.

Teve ato público também, na Torre de TV em Brasília: o CFESS participou, levando cartazes com reivindicações e lutas do Serviço Social pela defesa do cuidado em liberdade e livre de qualquer discriminação ou preconceito.

Quer saber mais, ver a cobertura completa e acessar a nova publicação? Entre no site do CFESS: http://tinyurl.com/5ConfSM23

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Responder

Seu email não será publicado.

*
*