O Sindicato dos Servidores da Saúde de Mato Grosso (SISMA/MT) divulgou nesta quinta-feira (13), nota conjunta, assinada por entidades representativas repudiando o processo seletivo 001/2022 da Secretaria de Estado e Saúde (Ses).

 

A nota é um encaminhamento do movimento colegiado, iniciado na última segunda-feira (10), onde os representantes dos conselhos de classes, sindicatos e categorias da saúde e afins, se uniram para protestarem contra o processo seletivo e solicitarem o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), nº 001/2019, firmado pelo Ministério Público, que exige a realização do concurso público.

 

“O processo seletivo aprofunda a precarização do trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS), promovendo fragilidade e descontinuidade do cuidado, baixa qualidade no atendimento, perdas de direito trabalhistas, exploração do trabalhador, desmotivação das equipes que seguem submetidas a não proteção social no trabalho, onde todos os seus direitos trabalhistas são negados”, diz trecho.

 

Leia a nota conjunta na íntegra CLICANDO AQUI.

Responder

Seu email não será publicado.

*
*