Hoje é o Dia Internacional de Luta das Mulheres, 8 de março

Você sabia? De acordo com o Atlas da Violência (2023), de 2011 a 2021, mais de 49 mil mulheres foram assassinadas no Brasil. Além disso, mulheres negras foram vítimas de homicídio no Brasil, em 2021, o que representa 67,4% do total de mulheres assassinadas e 4,3 para cada 100 mil. Outro dado mostra que é 1,8 % maior o risco de uma mulher negra sofrer violência letal, na comparação a uma mulher não negra.

Estes e outros dados recentes constam do novo “CFESS Manifesta” produzido especialmente para o 8 de março. A data é fundamental nas bandeiras de luta da profissão, porque provoca assistentes sociais a somar nas lutas das mulheres, a pensar na real condição de vida e trabalho a que estão expostas e nas violências diversas que acumulam, no cotidiano, com várias expressões de desigualdades sociais e relacionais.

A gente entende que essas questões não afetam apenas o público atendido, mas também a nossa categoria profissional. Esse reconhecimento é importante para construção da nossa identidade como mulheres, com consciência feminista, que se defendem, resistem e se fortalecem coletivamente e desenvolvem solidariedade entre si. Neste 8 de março, haverá atos e mobilizações em várias regiões do país, participe!

#DescriçãoDasImagens: Cards trazem imagens de várias mulheres negras, indígenas, com deficiência, mobilizadas. As ilustrações têm elementos que remetem ao Código de Ética, às lutas feministas. Traz também a imagem da capa do Manifesta.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Responder

Seu email não será publicado.

*
*